Violência doméstica: Infância fracassada e vitimizada

violência domésticaOutro tipo de violência doméstica é a “infância fracassada” se encontra como outra forma de exclusão. Violência escolar porque são excluídas do processo de escolarização por diversos motivos, faltas de vagas, horários, matérias inacessíveis, reprovação continua que o desmotiva e o faz se evadir da escola, e até casos onde os mesmos são convidados a se retirarem, pois “não conseguiram mesmo acompanhar a turma”.

Mesmo que a educação seja direito de todos, nossas instituições ainda não estão prontas para atender esse direito de toda a comunidade e de uma forma ou de outra acaba por excluir de seu meio, certos alunos que não conseguem trabalhar. E mesmo com todo esse direito fundamental e garantido a parcela que ainda permanece fora da escola e significante. São tipos de violência doméstica que muitas vezes não consideramos como tal.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E NEGLIGÊNCIA

violência domésticaA “infância vitimizada” que é a forma mais secreta e desconhecida dos olhos do demais que já comentamos anteriormente por ocorre dentro dos lares. Negligências, exploração sexual de natureza incestuosa e violência psicológica. Em relação a esse tipo de violência doméstica não faltam notícias em nossos jornais cotidianos que apontam como estão vivendo muitas de nossas crianças no interior desses lares.

Maus tratos com as crianças, por parte de pais bêbados que agridem e até chegam a matar, pais que prendem os filhos por não saberem o que fazer enquanto estão trabalhando, abusos de natureza sexual, crianças sem comida ou condições que lhe possibilitem o mínimo de liberdade. São casos notórios no meio de nossa sociedade.

violência domésticaSe nos aprofundarmos na discussão em relação a exploração sexual infantil não faltarão casos que ocorrem dentro do próprio lar da vítima e que são ocultados e negligenciados pela mesma. Em nome de manter o honra do pai de família na forma da família patriarcal independente das condições e formas que ele conduza aquele lar, são ocultos os crimes ali cometidos. 

Leia também:
Violência doméstica: Infância explorada e torturada

Violência doméstica: Violência da pobreza, a mais comum

Violência Doméstica: Uma negligência individual e coletiva

As configurações de famílias na atualidade – Parte 03

Educação sexual: O conhecimento é a melhor saída