Ensino da arte: Os três momentos da organização pedagógica

Ensino da ArteAssim como toda e qualquer disciplina o Ensino da Arte deve ter uma metodologia que indicará quais serão os conjuntos de ações a serem desempenhadas no decorrer da aula para atingir os objetivos a que se dedicaram os professores no momento do planejamento da mesma.

Dentro da metodologia do Ensino da Arte encontramos três momentos distintos os quais podem ser abordados simultaneamente ou isoladamente. São eles: “O sentir e perceber”, “trabalho artístico” e o “conhecimento”.

O Sentir e Perceber nada mais é que proporcionar o encontro dos alunos com as obras artísticas nos seus diversos estilos para que o mesmo possa se familiarizar-se com essas, deixando que os alunos possam também interpretar essas mesmas obras de acordo com as suas próprias e vida.

ENSINO DA ARTE E A OPINIÃO DO ALUNO

Ensino da ArteEmbora a obra de arte possua um contexto histórico de criação, o aluno apreciador da mesma também possui o seu que não pode ser ignorado, e será na junção desses dois contextos que a obra ganhará uma significação única a cada aluno, isso deve ser explorado no ensino da arte.

O trabalho artístico deve ser valorizado dentro da metodologia que empregamos pois será o momento que o aluno poderá concretizar aquilo que vivenciou até o momento em relação a arte em um momento especifico ou geral e é nesse momento que a instituição por mais dificuldades que possa encontrar não deve se abster privando o aluno de também poder criar.

Ensino da ArteO conhecimento em Arte muitas vezes ocorre de maneira isolada da prática sendo somente argumentos teóricos sobre dada obra ou contexto. Assim não deve ser, pois toda a teoria deve estar associada a prática, deve-se conter os outros dois momentos conectados para que haja uma maior compreensão pelo aluno.   

Leia também:
Ensino da arte: Relação entre metodologia e conteúdo

Os três campos da arte: A arte e seus caminhos

Ensino da arte: Metas e realidade em nossa educação

A arte e os seus três componentes básicos

A função da arte na escola e as suas contradições