Como trocar o vaso sanitário sozinho para não precisar pagar alguém


By Luiza Mattos | abril 5, 2016.

Saber como trocar o vaso sanitário sozinho pode ser importante, especialmente para pessoas que moram sozinhas, uma vez que se for esperar para chamar um encanador para realizar o trabalho, é muito provável que precisará pagar um valor alto pelo trabalho.

Para trocar essa peça sanitária não existem muitos segredos, a menos que esse vaso tenha sido instalado a muitos anos e de repente esteja chumbado ao piso, pois, nesse caso, talvez seja preciso quebrar o vaso e retirar todo o entulho antes de colocar um vaso novo.

Em geral, os vasos sanitários com poucos anos de uso, já foram colocados de forma a facilitar sua retirada, quando são chumbados com massa fraca ao piso e depois parafusados, e se for assim, não será difícil retirá-lo.

Vamos então as dicas

como trocar o vaso sanitario sozinho

Primeiro passo – feche o registro para interromper a chegada de água ao vaso sanitário e depois de a descarga para escoar toda a água. Depois disso, retire de alguma forma uma parte da água que ficou no vaso por conta do sifão que ele apresenta.

Segundo passo – desconecte o engate flexível que leva água a caixa de descarga se essa for acoplada ao vaso evitando que a água entre novamente no vaso. Se for caixa de descarga modelo tradicional ou a válvula, precisará retirar o tubo de entrada de água para o vaso.

Terceiro passo – retire os parafusos que mantém o vaso preso ao piso, para isso, use uma chave apropriada para isso, e se o vaso for do tipo com caixa acoplada, também será necessário separá-la do vaso para não dificultar a remoção, é só desparafusá-la também ou desencaixá-la.

Quarto passo – retire o assento do vaso, é só soltar os parafusos com os quais ele está preso e depois disso, force um pouco o vaso para os lados para que a massa a qual ele está chumbado se rompa. Assim que ele soltar da massa, deite-o levemente para traz para escoar a água que sobrou no sifão.

Quinto passo – a essas alturas o vaso já foi retirado, tampe o buraco do esgoto com um pano para evitar que voltem os gases da tubulação até que você providencia o vaso novo, antes disso, leve esse vaso que foi retirado para outro local onde não vai atrapalhar ou fazer mais sujeira.

Sexto passo – verifique se os parafusos velhos para prender o vaso ainda oferecem condições de uso, pois geralmente eles enferrujam, e se esse for o caso precisarão ser trocados por outros de mesmo tamanho. Esses parafusos são encontrados na mesma loja onde você compra o vaso sanitário.

Retire também todo o vestígio de vedação do vaso, essa precisará ser refeita por completo para evitar que dê problemas de mau-cheiro. Além disso, existe uma borracha de vedação que fica acoplada na entrada do esgoto, aproveite para trocâ-la e garantir que o cheiro de esgoto não volte após o novo vaso estar instalado.

Sétimo passo – retire o pano colocado sobre a abertura do esgoto para colocar o outro vaso. Coloque então o vaso novo de forma a encaixar a sua saída sobre o anel de vedação na entrada do esgoto, mas cuide para que os furos em sua base se encaixem nos parafusos de fixação chumbados no piso.

Certifique-se de que ele ficou bem encaixado sobre o anel de vedação. Feito isso, verifique o nível, pois se ele ficar fora de nível haverá problemas com a descarga mais tarde.

Parafuse então o vaso no piso, mas não esqueça que esses parafusos precisam estar em bom estado de conservação, e cuide para que esse aperto não seja exagerado para não comprometer o vaso.

Oitavo passo – se existir a caixa acoplada, recoloque-a no vaso, se não, faça a ligação da água, abra o registro e teste o seu trabalho para ver se está tudo certo. Se não aconteceu nada anormal, recoloque o assento sobre o vaso e por fim coloque uma camada de silicone transparente ao redor do vaso na sua base para evitar que haja infiltração de sujeira embaixo do vaso.

A essas alturas o vaso sanitário já está instalado, e você deve ter percebido que realmente não existem muitos segredos para esse trabalho. Na verdade existe mais é o receio por conta do mau cheiro que volta da rede de esgoto, mas se o vaso a ser trocado já se encontra a sua disposição, esse trabalho é mais rápido e você economiza com o encanador.

Dúvidas ou receios – mas se depois dessa aula você tiver receios de trocar essa peça sanitária em seu banheiro, melhor mesmo é buscar pela ajuda de um profissional e pagar para ele fazer o trabalho, pois a falta de motivação para realizar o trabalho por conta própria poderá resultar em um trabalho mau feito, e você ainda corre o risco de jogar dinheiro fora.

Procure se informar sobre um bom profissional na própria loja de materiais de construção onde você irá comprar o vaso sanitário novo. Certifique-se dos valores e deixe de se preocupar com esse problema.


Como vedar telhado de vidro para não entrar água

Receita de Mousse de Chocolate fácil

Revestimento para piso, conheça tipos que são em madeira

Como regular a pressão na bóia da caixa d’ água

FOTOS DE BANHEIROS Planejados e Decorados, perfeitos