A escolha de amar: Felicidades e tristezas de um relacionamento


By Luiza Mattos | julho 26, 2011.

A escolha de amarSe amar é sentir o coração saindo pela Boca, o frio na barriga ou a boca seca, então eu já amei várias vezes, mais não acredito que seja essa a característica que define o amor, acredito que o amor vai além da atração física ou sentimental. Amar é uma escolha.

Para estar com alguém para o resto da vida deve-se aceitar a pessoa como ela é, escolher ser a diferença na vida daquela pessoa, amar não é aceitar ser maltratado ou agredido, pois devemos ter amor próprio também, amar é estar disposto a ajudar o outro(a) a melhorar, a ser alguém melhor.

Acredito que, quem ama muda pontos em sua vida, mas também passa a aceitar o companheiro ou companheira. Realmente o amor é literalmente paciência. Mas com certeza não existe melhor definição do Amor, não só de cônjuge e sim também de irmão para irmã, ou de amigo para amigo como está escrito em 1º Coríntios 13.

AMAR É UMA ESCOLHA CERTA?

A escolha de amar‘’O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal’’

‘’Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.’’

Ao escolher amar, deve-se estar preparado para sofrer, suportar as dificuldades, e esperar na mudança.  

A escolha de amarAmar é… satisfazer seu conjuge, e não ser egoista buscando seus próprios interesses, ver se ele(a) é feliz e baseado nisso deve ser a sua felicidade. Comemorar junto a vitória de cada um, não sou nenhum conselheiro do amor, mais é assim que penso. Você pode escolher amar.


Lindas mensagens sobre amor

Amor é uma direção para perfeição

Cartões para casais católicos para maior união

O Clube do Imperador: Formação do profissional da educação

Amigo secreto um discontração com alegria,saiba como preparar